Fale! – Laurie Halse Anderson
Postado em 18 de Aug | Livros,

FALE_1374254907P Fale! é o segundo lançamento de Laurie Halse Anderson no Brasil, sendo o primeiro “Garotas de Vidro”, lançado pela Novo Conceito, já resenhado no blog.

Na verdade, Fale! foi o primeiro livro que Laurie publicou, e foi um sucesso tão estrondoso que é usado como livro paradidático em várias escolas. Ele conta a história de Melinda, uma menina que sofreu um trauma grande no último ano do Ensino Fundamental e acabou, no Ensino Médio, pagando o preço de ter tentado se defender.

Mais tarde, é possível ver que Melinda foi vítima de um estupro, provocado por um garoto de sua escola, em uma festa. Quando isso aconteceu, ela chamou a polícia e, não sabendo o que estava acontecendo, todos os seus amigos a culparam por ter “estragado a festa” sem motivos, uma vez que o TRASTE havia sumido.

É assim que Melinda começa seu Ensino Médio, sem amigos e com uma profunda depressão. De uma ótima filha e aluna, ela passa a ser uma garota que mal se importa com suas notas o que está acontecendo ao seu redor. A única aula em que se dá o trabalho de tentar fazer algo é a aula de Artes, em que, sem perceber, põe todo o seu sentimento, toda sua angústia para fora.

É interessante a forma com que Laurie trata assuntos tão profundos e pesados (como anorexia e bulimia em Garotas de Vidro, e estupro em Fale!) com uma linguagem acessível a qualquer jovem que se predisponha a ler sobre o assunto. É importante frisar que quando algo assim acontece, a culpa jamais é da pessoa estuprada, e é preciso que se fale com alguém sobre o que aconteceu, seja um amigo, pai, mãe, professor ou qualquer pessoa de confiança.

Mais uma vez, Laurie está de parabéns pela escrita, e a Editora Valentina não está atrás com todo o trabalho feito com a capa, diagramação e cuidado com o livro. É visível o carinho que tiveram ao fazer cada exemplar e, por ser uma editora nova, surpreendeu bastante com a qualidade da revisão (não houve um erro gramatical sequer) – além de a entrevista com a autora no final do livro ser interessantíssima.

Fale! tem 248 páginas, e já tem sua adaptação para as telinhas com o nome de O Silêncio de Melinda, estrelado por Kristen Stewart.
Rating: ★★★★★

Arquivado em Livros | Tags: , , , ,

Celeste, Leonardo Rásica
Postado em 09 de Aug | Livros,

“E se ela desaparecesse para sempre??… Celeste não deveria ter ouvido a conversa que transformou sua vida em um pesadelo. Certa de que o próprio marido tramava seu assassinato, ela temia o que poderia acontecer também com seu filho. Celeste precisa correr contra o tempo para encontrar a verdade. Nessa busca, ela tem de enfrentar obsessões e resolver pendências de outras vidas para alcançar a verdadeira paz de espírito.”

Celeste é um livro que emociona, e logo de cara já traz um bom mistério. Após anos de uma internação em uma clínica psiquiátrica, ela começa a se recordar de fatos esquecidos sobre seu marido, e começa acreditar que ele quer matar seu filho. Ela então precisa proteger Vitor – seu filho – de seu próprio pai. Mas o que será mesmo que aconteceu naquele dia, e quais as causas de tanto medo e pavor de seu marido?

O livro tem várias tramas paralelas interligadas, como a história de um homem que foi assassinado na prisão, o que supostamente foi culpa do marido de Celeste. Muitas questões vêm à tona, e Celeste vai – aparentemente – enlouquecendo novamente, ou não.

Para tudo há uma explicação e uma reação, e uma causa. O livro mostra como alguns ressentimentos que temos vêm de vidas passadas e como é difícil lidar com essas questões, porém, nada impossível. É preciso muita força de vontade e coragem para fazermos nossas vidas darem um giro de 360º, mas vale muito a pena! Viver é errar e correr riscos, para que possamos aprender e sairmos mais fortes de cada situação ruim com que nos deparamos.

Um livro que indico para todos que são fãs dessa literatura!

Arquivado em Livros | Tags: ,

#Campanha: Vem Julia Quinn!
Postado em 03 de Aug | blogosfera, dicas, Editoras, Parcerias,

Julia Quinn é autora da maravilhosa série de romances Os Bridgertons. Publicados pela Editora Arqueiro, os três primeiros livros são O Duque e Eu, O Visconde que me Amava e Um Perfeito Cavalheiro. O quarto livro, Os Segredos de Colin Bridgerton, será lançado agora em Agosto.

O que queremos com essa campanha? Que Julia Quinn venha ao Brasil e à próxima Bienal do Livro em 2015! Vários blogs estão participando da postagem coletiva, vem contribuir também! Seja através de comentários aqui no blog, postagens, além de twitter e facebook!

Se você não conhece os livros da autora, mas gosta de romances de banca, sugiro que leia as resenhas aqui no blog (livro 1, livro 2 e livro 3). Caso já tenha lido, que tal dar uma força e tentar fazer com que a autora note nosso humilde pronunciamento? O que vale é tentar!

Beijo enorme,
May :*

Arquivado em blogosfera, dicas, Editoras, Parcerias | Tags: , , , , ,

Editora Arqueiro lancará “Outlander – A Viajante do Tempo” em Agosto
Postado em 30 de Jul | dicas, Livros,

Se você gosta de um bom romance misturado a um bom mistério, esse é o livro certo. Confira sinopse abaixo:

Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

Gostaram? Ainda tem mais! A adaptação para as telinhas vai ao ar dia 9 de Agosto, sendo que o lançamento do livro é dia 8. É possível também conferir um parte do livro grátis. Vem conferir o booktrailer! ;)

Se você já leu, conta pra mim como foi a experiência. Se não leu, ficou com vontade? De qualquer forma, tagarela aqui em baixo comigo, vai?

Um beijo enorme,
May :*

Arquivado em dicas, Livros | Tags: , , ,

Um ponto no meio de uma multidão
Postado em 28 de Jul | divagando,

Ei, você já se sentiu como se não fizesse parte de um grupo? Já se sentiu rodeado de pessoas e mesmo assim solitário? Uma solidão que, se estivesse só, seria bem melhor e mais aproveitável? No meio de muitas pessoas, porém, todas vazias, que não pensam em nada como você.

É estranho colocar em palavras tudo o que se pensa por muito tempo. São tantas coisas a dizer em tão poucas linhas. Como expressar anos de sentimentos reprimidos? É, definitivamente, uma sensação estranha. Não se identificar com pessoas é normal, porém, e quando você precisa conviver com todas elas todos os dias?

De fato, meu maior medo nunca foi e nunca será discordar das pessoas. Gosto disso, gosto dos debates e gosto de ver que as pessoas pensam diferente de mim. Meu maior medo é ser impregnada de opiniões e mentes pequenas, ideias de pessoas que não pensam, de ideias que, na verdade, não são ideias, são apenas reproduções de pensamentos de outras pessoas. É, acho que meu maior medo é não pensar.

Quanto mais convivo com as pessoas, mais me dou conta de quão diferentes os seres humanos são, e, em partes, isso é muito bom. Entretanto, se levarmos em conta que, muitas vezes, essas diferenças são levadas para o lado negativo, quanto mais reflexões fazemos, é possível ver que a autenticidade do pensamento das pessoas vem se perdendo. Os jovens não querem mais pensar, pois se tornou fácil ler informações na internet e torná-las verdades absolutas.

A dúvida e o questionamento foram sendo deixados para trás, e a ignorância, aceitação e comodidade tomaram conta das pessoas. É fácil aceitar tudo e não discutir, não criticar, mas tais ações tiram a capacidade de raciocínio do homem. É estranho pensar em tudo isso e estar no meio de pessoas que agem exatamente assim. Faz parecer que, a qualquer hora, posso ficar assim também.

Agora, o que mais posso fazer senão questionar os inquestionáveis? É difícil adotar uma postura que satisfaça a todos, obviamente, mas questionando tanto acabei virando o patinho feio, a ovelha negra, a ‘estranha” e passei a não me encaixar naquilo que pensei ser meu mundo. Então, em tempos que tudo é manipulável pela mídia e todos são influenciáveis, é hora de questionar ainda mais, criticar ainda mais e aceitar menos tudo aquilo que mostram. É hora que me recriar, e se preciso for, caminhar solitária assim mesmo.

Arquivado em divagando | Tags: